Os Instrumentos Mortais – Cidade dos Ossos – Filme 2013

4 Overall Score
Diretor:: 4/10
Elenco:: 3/10
Roteiro: 3/10

Como fazer um filme “clichê”, nos moldes atuais?

286250_Papel-de-Parede-Os-Instrumentos-Mortais-Cidade-dos-Ossos_1920x1080– Misture uma colher de Crepúsculo, outra de Harry Potter, agora pra deixar com aquele aroma maravilhoso, coloque vampiros, lobisomens, seres demoníacos, plantas coloridas, fumaça negra “tipo lost”, lutas e alguns extraterrestres, pensando bem, extraterrestres não, acho “exagero”!

Vamos jogar umas cenas forçadas de romance (nossa protagonista, não precisa ter carisma), junte um conflito amoroso juvenil, uma direção bem fraca, agora gaste uma grana nos efeitos especiais e “reze pra vender essa porcaria”, ou pague bem pela divulgação.

Voilá está no ponto!

Resultado; Um filme fraco com alguns atores razoáveis. Até mesmo Simon Lewis, que na série Misfits tem uma ótima atuação, aqui não consegue se destacar!

Se mesmo assim você quiser assistir:

Sinopse

Não recomendado para menores de 12 anos:

“Clary Fray (Lilly Collins) presenciou um misterioso assassinato, mas ela não sabe o que fazer porque o corpo da vítima sumiu e parece que ninguém viu os envolvidos no crime. Para piorar a situação, sua mãe desapareceu sem deixar vestígios e agora ela precisa sair em busca dela em uma Nova Iorque diferente, repleta de demônios, magos, fadas, lobisomens, entre outros grupos igualmente fantásticos. Para ajudá-la, Fray conta com os amigos Simon (Robert Sheehan) e o caçador de demônios Jace Wayland (Jamie Campbell Bower), mas acaba se envolvendo também em uma complicada paixão.”

________________________________________________________________________

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +1 (from 1 vote)

Os Instrumentos Mortais – Cidade dos Ossos – Filme 2013, 10.0 out of 10 based on 2 ratings

Comente também por aqui:

comentário(s), com aplicativo do Facebook.

SHARE THIS POST

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Buzz
  • Digg
Eduardo Roque
Author: Eduardo Roque View all posts by