Válvulados

Quando comecei minha jornada como músico, tive acesso a diversos amplificadores e achava que válvula era coisa ultrapassada. Após alguns anos tocando, apareceu uma oportunidade de conhecer esse mundo novo, devidamente representado por um cabeçote totalmente valvulado, o True Rever II. Comprei na mesma hora e fiz uma reforma completa com o mago dos amplificadores desse segmento, o Pedrone que em 2003 iniciou a fabricação de amplificadores valvulados e se tornou um dos mais requisitados no Brasil.

Podemos aqui “abrir um parêntese”, alguns designers de áudio são como artistas. Eles investem anos de sua vida ao aperfeiçoamento de um circuito de áudio. Isso é notável na qualidade sonora, um valvulado é inigualável, o calor das válvulas fica perceptível no som encorpado que ele produz.

Como exemplo posso citar também os pedais da 56 INC, todos feitos a mão com um acabamento ótimo e sonoridade surpreendente, embora compacto produz uma incrível massa sonora, me arrependo até hoje em ter vendido o meu !

– Eles possuem 3 válvulas 12ax7 trabalhando em alta tensão (Saturação 100%), construção sólida com chassi resistente, pintura eletrostática e arte em serigrafia, feitos sob encomenda.

O resultado final é muito mais convincente e “real”, claro tudo depende da “estética” sonora que você pretende alcançar.

Conhecendo um pouco mais sobre amplificadores valvulados, eles utilizam em geral 2 tipos de válvulas:

Pré-amplificadoras:

 

São diferenciadas por possuírem variados fatores de amplificação, ou seja, quanto maior for esse valor (de 0 a 100), mais volume e distorção será capaz de produzir.

– Potência (power):

São diferenciadas pela potência que fornecem. Contudo, isso depende também do circuito interno do amplificador que elas estiverem sendo utilizadas. Existem também válvulas retificadoras, que servem para estabilizar a tensão na fonte.

A manutenção:

Para trocar as válvulas, qualquer leigo pode fazer. Na grande maioria dos amplificadores as válvulas de “pré”, são plug & play e válvulas de power só necessitam de ajuste de Bias – a tensão que elas trabalham – se forem trocadas por um modelo diferente.

Prós:
1-) Distorção maravilhosa
2-) Realça o timbre do instrumento e deixa o som encorpado
3-) Facilidade para trocar as válvulas (plug and Play)

Contras:
1-) Os Amplificadores são mais pesados, devido à exigência de um transformador de alto-falante e transformadores de maior potência
2-) As válvulas normalmente precisam ser substituídas até uma vez por ano para manter o desempenho máximo;
3-) As válvulas têm mais facilidades em produzir microfônicas.


edubEduardo Roque
vidabeta@vidabeta.com.br

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +1 (from 1 vote)

Válvulados, 10.0 out of 10 based on 1 rating

Comente também por aqui:

comentário(s), com aplicativo do Facebook.

SHARE THIS POST

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Buzz
  • Digg
Eduardo Roque
Author: Eduardo Roque View all posts by